Tendências

Tendências

Cidades Inteligentes | mobility | pós-carro

Sociedade Pós-Carro

Publicado em 27/11/2019

Em 2020, uma construtora startup vai abrir o primeiro bairro planejado sem carros dos EUA. A Culdesac vai inaugurar um condomínio de mil moradores com uma única regra: carros são proibidos.

A Culdesac planeja ter bicicletas e patinetes elétricos como principal método de transporte dentro da comunidade. Uma linha de VLT (veículo leve sobre trilhos) irá conectar o bairro com o centro da cidade de Tempe e ao campus da Universidade Estadual do Arizona (Arizona State). O carro, no entanto, não será 100% esquecido: serviços de mobilidade urbana como Uber terão um ponto de embarque e desembarque no perímetro do bairro. Serviços de emergência e entrega também poderão circular na região e alguns estacionamentos serão criados para visitantes pararem o carro.

O que Johnson quer com a Culdesac é mudar como enxergamos a cidade em que vivemos. “Restaurantes e mercados ficarão a uma pequena caminhada, em vez de um shopping depois de quilômetros de estrada,” afirmou. “As portas das casas vão abrir para pátios verdes comunitários, e não fileiras de carros estacionados. Idas ao mercado para tomar sorvete vão significar colocar um chinelo para caminhar, e não tirar o carro da garagem.

 

Em Freiburg, na Alemanha, há 20 anos atrás, um bairro chamado Vauban tornou desnecessário possuir um carro – e muito difícil de fazer, mesmo se você quisesse. Após 2 décadas de sucesso, poderia ser um modelo de como projetamos futuros bairros que possam ser percorridos a pé?

 

Ficou interessado? Você pode saber mais aqui, aqui e aqui.

Ver outras tendências