Tendências

Tendências

climate change | fashion | paper package | paris agreement | plastic-free | sustainability

Plastic-free Burberry

Publicado em 07/05/2019

Apesar de todo o barulho – e as mudanças genuínas sendo feitas – a indústria da moda está perdendo seu entusiasmo para combater as mudanças climáticas, de acordo com o último relatório divulgado pela Global Fashion Agenda and Boston Consulting Group. O relatório (disponível para download abaixo) revelou que, como a indústria é um ‘net contributor’ para a mudança climática mundial, a meta de manter o aquecimento global abaixo de 1,5 graus Celsius, conforme estabelecido no ‘Paris Agreement’, não será cumprida a menos que melhorias na indústria da moda possam ser feitas.

Estas últimas descobertas enfatizam a extrema necessidade de que toda a indústria da moda participe da corrida e acelere a mudança agora. Por isso a Burberry já está a caminho de se tornar uma marca ecologicamente correta. Em setembro de 2018, eles descontinuaram o uso de peles reais e suas práticas de eliminação de produtos invendáveis e excesso de estoque. Recentemente eles anunciaram que pretendem eliminar embalagens plásticas totalmente até 2025. Em seis anos, as embalagens da Burberry serão reutilizáveis, recicláveis ou compostáveis. A marca de moda de luxo já removeu a laminação de plástico de suas sacolas de varejo e sacolas de polietileno e continua com seus esforços planejando substituir todos os ganchos, sacolas e sacos de polietileno atuais por uma opção ecologicamente correta até o final de 2019. Para completar, a marca também está pronta para lançar um programa de coleta de cabides para reciclar e reutilizar cabides de varejo descartados.

A previsão é que a indústria global de vestuário e calçados gere 102 milhões de toneladas métricas de produto por volume até 2030 e o relatório incentiva as empresas a aumentar a rastreabilidade da cadeia de suprimentos, reduzir as emissões de gases de efeito estufa e concentrar-se na ampliação de iniciativas como o uso de materiais sustentáveis. economia e trabalhar em estreita colaboração com os formuladores de políticas.

E boas idéias não faltam no mercado. Olhe esse supermercado na Tailândia que embala comida em folhas de bananeira ao invés de usar plástico.

 

Ver outras tendências